Notícias

Silenciosamente, RecargaPay muda de novo suas regras para pagamento de boleto

Redação Tecnograna

Aplicativos de pagamento são uma mão na roda quando precisamos pagar contas e boletos, principalmente pelo fato de permitirem usar nosso cartão de crédito e assim nos permitir acumular milhas. E como já ensinamos aqui, o RecargaPay é um dos que possibilita isso. O problema dele é que suas regras são inconstantes e mudam a todo momento sem nenhum aviso.

Os Termos de Uso do serviço acabaram de limitar ainda mais o pagamento de boletos, diminuindo o limite e aumentando a taxa de juros.






Até semana passada, o serviço permitia pagar até R$2.000 por mês em boletos, cada um deles não podendo ultrapassar o valor de R$750. Ultrapassando deste limite, era cobrado um juro de 1,99% sobre o total da conta.

Porém agora isto mudou. O limite mensal sem cobrança de juros caiu para R$1.000 segundo os novos termos de uso. Passando disso dentro do mês, é cobrado uma sobretaxa de 2,45% de juros.

RecargaPay_Termos Silenciosamente, RecargaPay muda de novo suas regras para pagamento de boleto

A mudança dos termos foi feita sem nenhum aviso prévio ou comunicado por parte da empresa. Se o usuário não prestar atenção, acaba sendo induzido ao erro e paga mais.

Não é a primeira vez que o RecargaPay cria situações que se transformam em verdadeiras armadilhas para quem usa o aplicativo seguidamente e, vez ou outra, se distrai um pouco. O app primeiro acostuma o usuário a agir de uma forma, para depois mudar as regras sem aviso e induzi-lo ao erro.

Assim fica difícil aconselhar nossos leitores a usar o aplicativo.

Sobre o autor

Redação Tecnograna

Redação Tecnograna

Trabalhamos diariamente para trazer a melhor informação para ajudar você a ter vantagens financeiras com aplicativos e ferramentas digitais.

5 Comentários

Deixe um comentário