Reviews

Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

C6 Store
Alex Affonso
Escrito por Alex Affonso

Testamos a C6 Store, loja dentro do aplicativo do banco digital C6 Bank, e a nossa experiência foi péssima. Confira.


Uma das tendências dos bancos digitais é oferecer o máximo de serviços dentro do aplicativo, para que o cliente não precise sair dele.

O Banco Inter foi um dos que iniciou este estilo de marketplace com seu super app, sendo depois seguido por outras instituições, como o PagBank e o C6 Bank.

Leia também:
Banco Inter passa a oferecer cashback em compras no e-commerce

Já o C6 Bank resolveu entrar na briga fazendo parcerias de peso, como Camicado, Tramontina, Tok&Stok e Nespresso. E aliado com seu ótimo programa de fidelidade Átomos, parecia que seria um concorrente de peso no mercado.

Então resolvemos fazer um teste: Será que a C6 Store vale a pena?

Isso é o que você verá nas próximas linhas (apesar do título já revelar o final do filme).



C6 Store vale a pena?

Para ter um parâmetro em nosso teste, resolvemos realizar simultaneamente a mesma compra na C6 Store e na Inter Store. Mesmo produto, com o mesmo fornecedor.

O produto foi uma cafeteira Nespresso, vendida e entregue pela própria Nespresso. Fizemos a mesma compra nos aplicativos dos dois bancos, com alguns minutos de diferença. O preço foi o mesmo, o que diferenciava eram os benefícios que cada banco oferecia.


Experiência de compra

Fizemos primeiro a compra na C6 Store.

Conforme já comentamos aqui, eles permitem pagar com parte do saldo dos pontos + dinheiro. Porém, ao tentar esta alternativa, o pagamento apresentou um erro, mostrando um botão “Tente novamente”. Ao tentar novamente, o mesmo erro se repetiu, o que nos fez mudar a forma de pagamento para somente cartão.

Com isso, a compra foi concluída, mas ao verificar o extrato do cartão, uma surpresa desagradável: havia três débitos realizados, dois da mensagem de erro e um da compra realmente efetivada.

compraduplicada Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

É claro que quando se confia na instituição, a gente tem a certeza de que este tipo de problema será resolvido. Mas é sempre um stress na hora da compra que o cliente não precisaria passar.

Na mensagem final, a confirmação de que a compra tinha sido realizada e que em breve seria enviado um e-mail com os detalhes da compra. Porém, depois disso, nada mais chegou.

Minutos depois repetimos o mesmo pedido no aplicativo do Banco Inter. E a experiência foi absurdamente mais agradável.

A compra foi rápida, com o mesmo preço, frete e fornecedor do pedido anterior. O pagamento foi feito com o cartão do Inter (exigência para realizar compras dentro da loja integrada), o que permitiu confirmar o cashback mais rapidamente.


Cashback

Durante a época de Natal, a C6 Store prometia alguns benefícios extras para quem comprava em sua loja integrada: 3x pontos Átomos na compra, além de um cashback de 6% em pontos (o que não é muito claro o que isso significa).

Natal-C6Store Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

No final, a compra feita com um cartão Carbon gerou 1.515,45 pontos Átomos. O próprio programa troca pontos por dinheiro, permitindo que esta quantia se converta em R$ 37,89 no bolso, quando completar 10.000 acumulados. Então vamos considerar que este foi o cashback oferecido pelo C6.

Porém, só ficamos sabendo deste resultado 3 semanas depois, quando apareceu no extrato do Átomos. Antes disso, não tem como saber o quanto realmente você terá de retorno.

Já no Banco Inter, pela mesma compra recebemos alguns SMS logo após a confirmação, informando o quanto viria de volta. E o valor já apareceu poucos minutos depois na conta, disponível para saque imediato.

Cashback-inter-2 Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

O cashback pela compra foi praticamente do mesmo valor, com a diferença que não foi necessário ter um cartão premium e promoção de Natal para obter maior pontuação. Além disso, o Inter dá 10% a mais para quem registra uma chave Pix no banco. Total do cashback pelo mesmo produto foi de R$41,69.


Acompanhamento do pedido

Nesta parte, a C6 Store perdeu de lavada.

O C6 não disponibiliza nenhum lugar onde você possa acompanhar o seu pedido. Nada.

Não há uma página específica, como costuma haver em lojas normais do e-commerce, e eles não enviam nenhum tipo de acompanhamento ou código de rastreio. Você fica a ver navios, sem saber quando (ou se) irá receber o produto que comprou.

Já na Inter Store a experiência foi totalmente diferente. A cada etapa do pedido eles enviam um e-mail, notificando o cliente em que estágio se encontra. Quando o pacote é enviado, eles avisam, assim como quando ele sai para a entrega. Além disso eles fazem o óbvio: dão um código de rastreamento da loja que fornece o produto (no caso, a Nespresso), para você também acompanhar por lá.

acompanhamento-inter Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

Então, não há desculpa: ao considerar compras iguais, no mesmo estabelecimento online, o Inter demonstra que o C6 poderia oferecer um serviço muito melhor e só não faz porque não tem uma estrutura boa ou porque simplesmente não quer.


Entrega

No fim, o que já se esperava: as duas máquinas foram entregues ao mesmo tempo, 5 dias depois da compra.

A grande diferença entre os dois é que a C6 Store não avisa nada sobre o andamento do pedido, enquanto o Banco Inter é muito mais ágil, dando muita informação para o cliente e deixando-o confortável, sabendo que tudo está andando como deve ser.

emailinter-2 Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

E-mail enviado pelo Inter após a entrega do pedido


Veredito

Depois de toda essa experiência, eis a nossa nota final (de 0 a 10) em relação às duas compras:

EXPERIÊNCIA C6 Store Inter Shop
Experiência na hora da compra 6 10
Valor do cashback 9 10
Experiência no cashback 3 10
Espera pela entrega 1  9
NOTA MÉDIA FINAL 4,75  9,75

Vale destacar que, em termos de concretização do negócio, o C6 entregou exatamente o que vendeu. Não houve erro no produto ou qualquer problema no pagamento (apesar do erro que ocasionou cobrança tripla, mas que foi estornado dias depois).

O que foi bastante ruim foi a experiência de compra, e isso conta muito nos dias de hoje. O C6 Bank, se quiser realmente se destacar entre os marketplaces de bancos digitais, terá que mudar MUITO a sua forma de tratar o cliente.

O C6 precisa entender que quem compra pela internet quer estar a par do andamento do pedido a todo o momento. É preferível levar 10 dias para receber, sabendo exatamente em que estágio o pedido está, do que levar 6 dias sem notícia alguma, angustiado por não saber por onde anda o seu pedido.

Neste ponto, o Banco Inter soube entender melhor a psicologia do seu cliente.


E você? Passou por experiência semelhante ou no seu caso deu tudo certo? Conte-nos como foi aqui nos comentários. 😉

Sobre o autor

Alex Affonso

Alex Affonso

Especialista em finanças digitais e colunista do Tecnograna

Deixe um comentário