Reviews

Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

C6 Store
Alex Affonso
Escrito por Alex Affonso

Testamos a C6 Store, loja dentro do aplicativo do banco digital C6 Bank, e a nossa experiência foi péssima. Confira.


Uma das tendências dos bancos digitais é oferecer o máximo de serviços dentro do aplicativo, para que o cliente não precise sair dele.

O Banco Inter foi um dos que iniciou este estilo de marketplace com seu super app, sendo depois seguido por outras instituições, como o PagBank e o C6 Bank.

Leia também:
Banco Inter passa a oferecer cashback em compras no e-commerce

Já o C6 Bank resolveu entrar na briga fazendo parcerias de peso, como Camicado, Tramontina, Tok&Stok e Nespresso. E aliado com seu ótimo programa de fidelidade Átomos, parecia que seria um concorrente de peso no mercado.

Então resolvemos fazer um teste: Será que a C6 Store vale a pena?

Isso é o que você verá nas próximas linhas (apesar do título já revelar o final do filme).



C6 Store vale a pena?

Para ter um parâmetro em nosso teste, resolvemos realizar simultaneamente a mesma compra na C6 Store e na Inter Store. Mesmo produto, com o mesmo fornecedor.

O produto foi uma cafeteira Nespresso, vendida e entregue pela própria Nespresso. Fizemos a mesma compra nos aplicativos dos dois bancos, com alguns minutos de diferença. O preço foi o mesmo, o que diferenciava eram os benefícios que cada banco oferecia.


Experiência de compra

Fizemos primeiro a compra na C6 Store.

Conforme já comentamos aqui, eles permitem pagar com parte do saldo dos pontos + dinheiro. Porém, ao tentar esta alternativa, o pagamento apresentou um erro, mostrando um botão “Tente novamente”. Ao tentar novamente, o mesmo erro se repetiu, o que nos fez mudar a forma de pagamento para somente cartão.

Com isso, a compra foi concluída, mas ao verificar o extrato do cartão, uma surpresa desagradável: havia três débitos realizados, dois da mensagem de erro e um da compra realmente efetivada.

compraduplicada Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

É claro que quando se confia na instituição, a gente tem a certeza de que este tipo de problema será resolvido. Mas é sempre um stress na hora da compra que o cliente não precisaria passar.

Na mensagem final, a confirmação de que a compra tinha sido realizada e que em breve seria enviado um e-mail com os detalhes da compra. Porém, depois disso, nada mais chegou.

Minutos depois repetimos o mesmo pedido no aplicativo do Banco Inter. E a experiência foi absurdamente mais agradável.

A compra foi rápida, com o mesmo preço, frete e fornecedor do pedido anterior. O pagamento foi feito com o cartão do Inter (exigência para realizar compras dentro da loja integrada), o que permitiu confirmar o cashback mais rapidamente.


Cashback

Durante a época de Natal, a C6 Store prometia alguns benefícios extras para quem comprava em sua loja integrada: 3x pontos Átomos na compra, além de um cashback de 6% em pontos (o que não é muito claro o que isso significa).

Natal-C6Store Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

No final, a compra feita com um cartão Carbon gerou 1.515,45 pontos Átomos. O próprio programa troca pontos por dinheiro, permitindo que esta quantia se converta em R$ 37,89 no bolso, quando completar 10.000 acumulados. Então vamos considerar que este foi o cashback oferecido pelo C6.

Porém, só ficamos sabendo deste resultado 3 semanas depois, quando apareceu no extrato do Átomos. Antes disso, não tem como saber o quanto realmente você terá de retorno.

Já no Banco Inter, pela mesma compra recebemos alguns SMS logo após a confirmação, informando o quanto viria de volta. E o valor já apareceu poucos minutos depois na conta, disponível para saque imediato.

Cashback-inter-2 Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

O cashback pela compra foi praticamente do mesmo valor, com a diferença que não foi necessário ter um cartão premium e promoção de Natal para obter maior pontuação. Além disso, o Inter dá 10% a mais para quem registra uma chave Pix no banco. Total do cashback pelo mesmo produto foi de R$41,69.


Acompanhamento do pedido

Nesta parte, a C6 Store perdeu de lavada.

O C6 não disponibiliza nenhum lugar onde você possa acompanhar o seu pedido. Nada.

Não há uma página específica, como costuma haver em lojas normais do e-commerce, e eles não enviam nenhum tipo de acompanhamento ou código de rastreio. Você fica a ver navios, sem saber quando (ou se) irá receber o produto que comprou.

Já na Inter Store a experiência foi totalmente diferente. A cada etapa do pedido eles enviam um e-mail, notificando o cliente em que estágio se encontra. Quando o pacote é enviado, eles avisam, assim como quando ele sai para a entrega. Além disso eles fazem o óbvio: dão um código de rastreamento da loja que fornece o produto (no caso, a Nespresso), para você também acompanhar por lá.

acompanhamento-inter Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

Então, não há desculpa: ao considerar compras iguais, no mesmo estabelecimento online, o Inter demonstra que o C6 poderia oferecer um serviço muito melhor e só não faz porque não tem uma estrutura boa ou porque simplesmente não quer.


Entrega

No fim, o que já se esperava: as duas máquinas foram entregues ao mesmo tempo, 5 dias depois da compra.

A grande diferença entre os dois é que a C6 Store não avisa nada sobre o andamento do pedido, enquanto o Banco Inter é muito mais ágil, dando muita informação para o cliente e deixando-o confortável, sabendo que tudo está andando como deve ser.

emailinter-2 Testamos a C6 Store e a experiência foi péssima

E-mail enviado pelo Inter após a entrega do pedido


Veredito

Depois de toda essa experiência, eis a nossa nota final (de 0 a 10) em relação às duas compras:

EXPERIÊNCIA C6 Store Inter Shop
Experiência na hora da compra 6 10
Valor do cashback 9 10
Experiência no cashback 3 10
Espera pela entrega 1  9
NOTA MÉDIA FINAL 4,75  9,75

Vale destacar que, em termos de concretização do negócio, o C6 entregou exatamente o que vendeu. Não houve erro no produto ou qualquer problema no pagamento (apesar do erro que ocasionou cobrança tripla, mas que foi estornado dias depois).

O que foi bastante ruim foi a experiência de compra, e isso conta muito nos dias de hoje. O C6 Bank, se quiser realmente se destacar entre os marketplaces de bancos digitais, terá que mudar MUITO a sua forma de tratar o cliente.

O C6 precisa entender que quem compra pela internet quer estar a par do andamento do pedido a todo o momento. É preferível levar 10 dias para receber, sabendo exatamente em que estágio o pedido está, do que levar 6 dias sem notícia alguma, angustiado por não saber por onde anda o seu pedido.

Neste ponto, o Banco Inter soube entender melhor a psicologia do seu cliente.


E você? Passou por experiência semelhante ou no seu caso deu tudo certo? Conte-nos como foi aqui nos comentários. 😉

Sobre o autor

Alex Affonso

Alex Affonso

Especialista em finanças digitais e colunista do Tecnograna

1 Comentário

  • Minha C6 store foi hackeada!!!!
    Tive uma péssima experiência com a C6 store nesta sexta-feira (07/05/21) e acreditem, a experiência foi ruim sem nem ao menos ter usado o serviço, aliás, nunca usei.
    Apareceram várias compras, uma atrás da outra, no total de 6, todas em débito limpando minha conta do C6 bank, zerou!
    Como foi tudo dentro do C6 mesmo (Conta e o app store) imaginei que eles cancelariam as compras e me ressarciriam o quanto antes, pediram para eu aguardar 7 dias enquanto o caso era analisado, e até lá, estou sem dinheiro na conta, sem poder pagar as contas, que aliás, a maioria vence dia 10/05.
    Perdi totalmente a confiança, e o pior que tenho minha conta salário lá, para ganhar os míseros pontos átomos, mas não vale o risco.
    Espero ser ressarcido e nunca mais quero ouvir falar neste banco.

Deixe um comentário