Contas Digitais

Como funciona a conta internacional em dólar do banco BS2

Redação Tecnograna

Você viaja bastante, recebe ou envia remessas em dólar ou então gostaria de guardar alguns trocados em moeda estrangeira em uma conta internacional?

Se você disse sim para pelo menos uma destas perguntas, então pode achar bem interessante o que o banco digital BS2 oferece para seus clientes: uma conta digital em dólar.

Neste artigo detalharemos os detalhes e vantagens deste tipo de conta.


O que diz a legislação

Já falamos aqui no Tecnograna o que a legislação brasileira diz sobre contas em dólar e o que alguns bancos estão fazendo para oferecer este benefício aos seus correntistas:

O que é a Conta Internacional BS2?

A Conta Internacional do BS2 é para quem já é correntista do banco digital, o que significa que é preciso ser residente no Brasil para ter acesso a ela. Portanto, não é uma conta voltada a estrangeiros ou brasileiros residentes no exterior.

containternacional Como funciona a conta internacional em dólar do banco BS2

A grande vantagem é poder ter saldo em dólar, paralelamente ao saldo em Reais. As moedas ficam em contas separadas, mas acessadas pelo mesmo aplicativo, podendo ser transferidas de uma para outra a qualquer momento, 24h por dia.

Inclusive este é um dos pontos fortes de ter uma conta assim: a burocracia zero para realizar o câmbio.

Para que serve uma conta em dólar?

Há diversas utilidades possuir uma conta em dólar. A mais comum delas é para quem viaja frequentemente para outro país e não quer se preocupar em ficar comprando dólar em casas de câmbio e pagando caro por isso. Ou então usando cartão internacional em compras no exterior, pagando um spread altíssimo e um IOF exorbitante.

Leia também:
➡️ Quais as taxas que você paga quando faz compras no exterior pelo cartão de crédito?

Tendo uma conta em dólar no Brasil, você tem algumas vantagens:

  • o spread no câmbio (2%) é mais baixo do que muitos outros bancos (a média é 4%);
  • o IOF pago ao converter reais em dólar (e vice versa) é de 1,1%, enquanto que em casas de câmbio e no cartão de crédito internacional o imposto é de 6,38%;
  • você pode usar o cartão de débito para realizar compras no exterior diretamente em dólar, sem depender de conversões e evitando surpresas no câmbio;
  • pode receber pagamentos do exterior e guardar o valor sem precisar converter para reais, podendo assim escolher o melhor momento do câmbio ou então guardar para usar em viagens futuras, evitando assim a cobrança de IOF na conversão.

Algumas desvantagens da solução do BS2:

  • apesar de ter um spread menor que a maioria dos bancos nacionais, 2% ainda é um valor alto diante de outras soluções de transferência internacional, como a RemessaOnline e o Transferwise.
  • receber pagamentos do Google Adsense não gera taxa nenhuma, mas qualquer outra remessa recebida tem a taxa fixa de US$12.
  • para ter direito a receber o cartão de débito internacional, o cliente precisa ter na conta o saldo mínimo de US$300 (há promoções de tempos em tempos que liberam essa exigência).
  • se for fazer um saque com o cartão no exterior, é cobrado uma taxa de US$5,00 por retirada.

Quanto custa?

Não há uma mensalidade ou taxa para manter a conta. Quem já tem a conta gratuita em reais pode ter uma também em dólar, sem custos.

O que você paga é nas transferências real/dólar. Além da comissão que o banco leva no preço que te cobra do dólar (o chamado spread que no BS2 é de 2%), há outras taxinhas, descritas na tabela abaixo:

Manutenção mensal da Conta Digital Internacional Grátis
Transferência entre Conta-Corrente e Conta-Internacional de mesma titularidade Grátis
Transferência para outra Conta-Internacional BS2 Grátis
Envio de ordem de pagamento internacional US$ 30
Devolução de ordem de pagamento US$ 30
Emenda de ordem de pagamento US$ 50
Saques em caixas eletrônicos ATMs US$ 5
Tarifa de recebimento de ordem US$ 15
Envio nacional da primeira via de cartão de débito Grátis
Envio nacional de segunda via de cartão de débito US$ 9,90
Envio da primeira ou segunda via de cartão de débito no exterior US$ 59,90

Apesar de não ser cobrada nenhuma taxa para envio do cartão de débito internacional, o banco normalmente exige que haja uma movimentação de no mínimo US$300 na conta para que o cartão seja enviado para um endereço no Brasil. De tempos em tempos, há promoções que alteram esta condição.

Cartao-BS2-int Como funciona a conta internacional em dólar do banco BS2

Em viagens para os EUA, cada vez que você faz um saque em dinheiro em algum caixa eletrônico usando o cartão de débito internacional, paga uma taxa de US$ 5,00.

Caso você queira usar o cartão em outra moeda, terá que pagar a taxa de conversão do dólar para a outra moeda. Se você usar o cartão para sacar no Brasil, além dos 5 dólares, ainda vai pagar o spread do câmbio (porque estará retirando em reais).

O cliente pode receber em sua conta internacional recursos de qualquer outro banco, mas estará sujeito à tarifa e análise do BS2. Transferências recebidas de outros bancos com valor superior a US$ 1.000,00 serão isentas de tarifa.

Um cuidado que é preciso ter: cada vez que você transfere da conta internacional para a nacional (e vice versa), você paga o IOF (1,1%) e o spread cambial (2%). Então deve-se evitar ficar transferindo de uma conta para outra, sem um bom motivo, para não pagar esses custos em duplicidade. Se você transformou reais em dólar, procure usá-los, para não ter que transformá-los novamente em reais depois.

Limites de transação

Há alguns limites de transação, que é o máximo que o cliente pode movimentar na conta internacional:

  • Valor máximo por transação – US$ 10 mil (dez mil dólares)
  • Limite diário de movimentação – US$ 10 mil (dez mil dólares)
  • Limite anual de movimentação – US$ 20 mil (vinte mil dólares)

Como abrir uma conta internacional BS2

Para ter acesso à conta internacional, primeiro você precisa abrir uma conta normal no Banco BS2. O processo é fácil e pode ser feito todo pelo celular, enviando alguns documentos que são solicitados. Baixe o aplicativo referente ao seu sistema operacional:

Quer ficar atualizado com a melhor informação sobre finanças digitais? Então siga o Tecnograna também no Twitter e no Facebook.

Leia também:
➡️ Como abrir uma conta corrente digital na Europa com o N26

Sobre o autor

Redação Tecnograna

Redação Tecnograna

Trabalhamos diariamente para trazer a melhor informação para ajudar você a ter vantagens financeiras com aplicativos e ferramentas digitais.

Deixe um comentário