Cartões de Crédito

Cuidado com a pegadinha da “Tarifa de Avaliação Emergencial” do cartão de crédito

Tarifa de Avaliação Emergencial
Redação Tecnograna

Saiba o que é a Tarifa de Avaliação Emergencial de Crédito e quanto ela custa para você.


Sabe quando você já gastou bastante no cartão naquele mês e precisa fazer “só mais uma comprinha”? Aí passa o cartão, torcendo para que o pagamento seja aceito, e fica na maior alegria quando aprova, mesmo tendo ultrapassado um pouquinho o seu limite mensal?

Pois é, isso tem um custo.

Muitos usuários de cartão se espantam quando chega na fatura uma cobrança extra, de surpresa, com um nome que nunca tinham ouvido falar. A primeira reação, claro, é reclamar. Como podem cobrar algo que você nunca pediu? E o que é essa tal “Tarifa de Avaliação Emergencial”?

Infelizmente você só irá conhecê-la quando ela for cobrada, porque ninguém te fala claramente isso antes. É uma daquelas armadilhas que as velhas empresas fazem para tentar enganar o consumidor e tirar dinheiro dele. 


Tarifa de Avaliação Emergencial

A cobrança desta tarifa acontece quando você ultrapassa o limite mensal do seu cartão. Ao realizar a compra, a administradora não bloqueia o pagamento; em vez disso, autoriza o crédito, mas lhe cobra uma taxa na fatura relativa a “análise de emergência”. 

4882-scaled Cuidado com a pegadinha da “Tarifa de Avaliação Emergencial” do cartão de crédito

Muita gente desconhece que, se passar do limite, o cartão pode não bloquear o pagamento. E aí, neste caso, a cobrança da taxa naquele mês é feita. É comum a administradora do cartão não fazer questão de informar isso ao cliente antes de acontecer. 

O site ReclameAqui está repleto de casos de clientes que desconheciam completamente esta taxa e foram pegos de surpresa.

Há bancos ou administradoras que respeitam o cliente e avisam, pelo menos, quando ele está próximo de atingir o limite. A imagem que ilustra o início deste artigo é de um SMS que a Credicard manda a seus clientes, avisando que podem ser cobradas tarifas. Porém, muitos cartões (principalmente aquele que você faz em supermercado ou em lojas de varejo), escondem o máximo possível esta informação.

Veja abaixo uma lista com alguns dos cartões mais populares, em relação à cobrança desta taxa de análise de crédito:

  • Nubank: não oferece o serviço
  • Inter: não oferece o serviço
  • Credicard Black: R$15 por mês que ultrapassar o limite
  • Credicard Zero: não tem tarifa
  • Next: não oferece o serviço
  • Original: não tem tarifa
  • Digio: R$4,99 por mês que ultrapassar o limite
  • MeuPag!: não tem tarifa
  • Cartão Carrefour: R$18,90 por mês que ultrapassar o limite
  • Itaucard: R$18,90 por mês que ultrapassar o limite
  • Bradesco cartões: R$18 por mês que ultrapassar o limite
  • Ourocard: R$18 por mês que ultrapassar o limite

Peça para desabilitar a função

Essa taxa não é pequena e costuma variar dependendo da instituição. Por isso, o ideal é evitá-la a todo custo, principalmente se você se esforçou para reduzir gastos e optou por um cartão sem anuidade. 

O cartão é obrigado a lhe permitir desabilitar está avaliação de emergência, mas normalmente é bem mais difícil do que ativá-la. Informe-se no seu caso como realizar este procedimento. 

Mas lembre-se que, no momento que a função for desabilitada, toda compra que ultrapassar o limite mensal será recusada. O que por um lado é ótimo para não se perder nas contas e manter seu orçamento equilibrado. 

Sobre o autor

Redação Tecnograna

Redação Tecnograna

Trabalhamos diariamente para trazer a melhor informação para ajudar você a ter vantagens financeiras com aplicativos e ferramentas digitais.

Deixe um comentário